25 de mar de 2015

Livro: O Teorema Katherine (John Green)


Um tempinho atrás eu postei aqui no blog a resenha do primeiro livro do John Green que eu li, o "Cidades de Papel", lembram? Pois bem, junto com aquele eu comprei esse também. Aliás, mostrei ambos no vídeo de Comprinhas Baratinhas, quem ainda não conferiu clica aqui e confere!

O livro "O Teorema Katherine" conta a história de Colin, menino prodígio que tem sua vida resumida nas seguintes coisas: Estudar e levar foras. Aí que tá o porém: Não são foras de garotas aleatórias não, todas elas tem algo em comum: Se chamam Katherine, e todas terminam com ele. 

A história do livro começa quando Colin toma mais um fora, de mais uma Katherine, a mais especial de todas, digamos assim. A Katherine XIX não foi só a Katherine XIX, mas também a Katherine I, sua primeira namoradinha de infância, que pediu para ele ser seu namorado e terminou com ele nos minutos seguintes, e reapareceu na sua vida muitos anos depois. A partir daí o livro conta duas "histórias": A do passado de Colin (alguns capitulos aleatórios são dedicados ao seu passado cheio de desilusões amorosas, desde a infancia até os dias atuais) e a do presente de Colin.

Logo no inicio Colin se mostra bastante (põe bastante nisso!) magoado, triste e dramático. Hassen, seu melhor amigo, propõem então que eles caiam na estrada e viajam sem destino, para algum lugar qualquer pra viver novas histórias e tentar esquecer um pouco do que aconteceu (ou pelo menos não lembrar a cada 2 minutos). Eles acabam por parar numa cidade pequena, bem do interior, onde ficam hospedados na casa de Lindsay e sua mãe (que ofereceu moradia e emprego temporários para eles).

Uma das coisas que eu não sabia e aprendi lendo esse livro é que existe diferença entre gênio e prodígio. Prodígios tem facilidade em aprender, muita facilidade mesmo, mas não chegam nem perto dos gênios, que tem muita facilidade em criar novas coisas, fazer novas descobertas. Colin passou sua vida inteira como um prodígio que queria se tornar um gênio, e depois de namorar (e levar foras de) 18 meninas com o mesmo nome, achou a solução para os seus problemas: Iria criar um teorema capaz de prever o futuro de qualquer relacionamento (quanto tempo iriam ficar juntos, quem iria terminar com quem...) baseado em algumas questões, como por exemplo, se a pessoa foi um terminante (quem termina o relacionamento) ou um terminado nos relacionamentos anteriores.

Durante o período que Colin e Hassan passam nesta cidade do interior, fazem algumas amizades por lá e se metem em bastante encrenca também. O livro é legal porque é a temática é bem diversificada, sabe? É um romance, mas ao mesmo tempo não deixa de ser uma comédia, um pouco dramática as vezes, e que consegue ensinar várias coisas aos leitores (isso inclui algumas lições de moral, mas também conta com um vocabulário bem variado, fatos bem curiosos e até algumas contas de física - de como fazer um teorema - no final do livro, pra quem curte esse tipo de coisa).

O livro contém 302 páginas distribuídas em 19 capítulos e é narrado pelo autor mesmo. É o segundo livro que leio do John Green e continuo afirmando o que disse na resenha anterior: Achei a escrita dele fantástica, descontraída mas ao mesmo tempo profunda em algumas partes, do tipo que prende a gente na leitura, nos faz querer ler mais e mais. Gostei mais desse livro do que do outro até, mas apesar da escrita de John Green ser incrível, achei ambas as histórias fracas até, adorei mas não entraram pra lista dos meus favoritos. Apesar disso, recomendo!








*Obs: A primeira imagem peguei do Google Imagens, mas não possuía qualquer direito autoral, já as demais são de minha autoria.

18 comentários:

  1. Deve ser giro o livro.

    Beijinhoss
    food&emotions
    http://fefoodemotions.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  2. Eu li "A culpa é das estrelas" e amei, quero ler esse tb.

    bj

    http://nandaaflordapele.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nunca li o livro "A culpa é das estrelas" mas já vi o filme e gostei bastante, o livro deve ser ótimo!

      Excluir
  3. Já faz um tempinho que eu quero muito ler esse livro. Espero que seja bom!

    Beijos!
    Senhorita & Tals
    http://senhorita-e-tals.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia sim, querida! Digamos que não é o melhor livro que eu já li kk Mas é bem bom até ;)

      Excluir
  4. Já ouvi falar bastante desse livro. Eu tenho tantos pra ler ainda...mas coloquei ele na minha lista

    www.karenbartolomeu.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Quando ler vem aqui e dá tua opinião, vou amar saber o que tu achou ;D

      Excluir
  5. já ouvi falar,ele é bem interessante amo esse autor.

    Meninas na Web~OFFICIAL

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele escreve muito bem, mas as histórias em si acho um pouco fracas, ainda prefiro o Nicholas Sparks :)

      Excluir
  6. Não conheço, mas parece ser mesmo bom pela review que fizeste :)

    ResponderExcluir
  7. Toda vez que vou a uma Turnê Intrínseca e vejo eles falando desse livro fico curiosa demais para lê-lo, principalmente depois de não ter gostado tanto de A Culpa é das Estrelas, tô louca pra ler outra coisa do John Green e tirar essa imagem negativa dele da cabeça. Dizem que Cidades de Papel é melhor ainda, depois vou atrás dos dois!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu nunca li o "A culpa é das estrelas" mas vi o filme e gostei bastante até, já o "Cidades de Papel" eu li e gostei, mas não morri de amores não kk O John Green escreve muito bem, a leitura em si é agradável, nada cansativa, nos deixa curiosa pra saber o final, maaas... As histórias em si eu acho bem fracas :/ Mas leia sim, de repente tu gosta ;D

      Excluir
  8. Sinceramente, tenho muita dificuldade em gostar da escrita de John Green. Li a Culpa é das estrelas pelo modismo e achei o livro fraco e previsível. Li Cidades de Papel e não consegui me empolgar nem com o trailer recém lançado. Esse aí parece ser legal, mas não sei se vou encarar.
    Bj e fk c Deus.
    Nana
    http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Esse foi o primeiro livro que li do John Green e gostei bastante! No final fiquei refletindo sobre a história, que é muito mais do que a gente lê, nos passa uma mensagem, né?
    Beijos,
    Ana Beatriz
    www.blogdaninha.com.br

    ResponderExcluir