22 de out de 2013

Os homens e a mulher poderosa


Outro dia quando eu estava retribuindo os comentários, vi que uma blogueira havia disponibilizado download de vários livros (e-books) em um post, passei o olho rápido, inicialmente nenhum me interessou, até que vi um que me chamou bastante atenção, inicialmente não tão positivamente.

“Porque os homens amam as mulheres poderosas”, pelo titulo pensei que deveria ser mais um daqueles livros idiotas escritos por mulheres totalmente machistas que acham que o certo é fazer de tudo pra agradar um homem – ou, no caso, para parecer ser essa mulher “poderosa”. Mesmo assim baixei, por curiosidade mesmo, como já disse pra vocês, tenho um certo amor e ódio por livros de auto ajuda kk Não existe um só livro do gênero que eu só amo ou só odeie, sempre tem algo que eu discordo totalmente e algo que eu sinto como se eu mesma tivesse escrito. Mas enfim...

Bastou algumas páginas pra eu ver que não se tratava de um típico livro de “faça isso e aquilo e terás os homens há seus pés”, e muito menos um livro que dê dicas de como a mulher parecer ser algo que não é. Me surpreendi tanto que em poucas horas li o livro inteiro... Ok, mentirinha kk Naquela noite li mais ou menos uns 45 minutos, no dia seguinte a internet pifou, no inicio da tarde aproveitei pra fazer tudo que tinha pra fazer e nunca sobrava tempo, mas em poucas horas eu já havia feito tudo, então vim  para o computador ler. E li tudo, sem pular uma virgula se quer.

O que me surpreendeu mesmo foi ver que ali estava escrita a pura verdade, e daí que esta: a verdade é tão mais simples do que nós pensávamos. Sabe aquela mulher misteriosa, envolvente, desejada por todos os homens e que vive deixando corações partidos por ai? Pois é, essa não é “a poderosa”. A poderosa é a mulher comum, normal, não é linda (ou talvez seja), não é a mais inteligente, talvez não seja pós graduada, talvez ainda nem esteja na faculdade, não usa salto sempre, talvez quase nunca use, não é a mais simpática, ou mais popular, ou mais desejada. Ela não é o tipo de mulher que para o transito, ou talvez até seja, mas nesse caso, ela não seria poderosa apenas por isso. Ela é poderosa pois tem sua vida própria, sim, isso mesmo.

Vejo por ai muitas meninas que mal começam a namorar e já deixam de sair com as amigas, de ir a academia, de viajar com a família e de fazer outras coisas que gostam. Vejo mulheres que depois de um ano de casada, já estão, literalmente, destruídas, cansadas e reclamando que o marido não é o mesmo de um ano atrás. E sabe porque? Pelo simples fato que um homem deseja uma mulher, não um capacho.

Uma frase que digo bastante é a seguinte: “Antes de amar alguém, você tem que amar a si própria” e “antes de querer viver pra alguém, você tem que viver pra você”; Mas isso é só uma forma de falar, e sabe porque? Porque independente de você amar alguém ou querer viver pra alguém, você SEMPRE tem a obrigação de se amar e viver pra si própria. Esse foi um dos motivos que gostei tanto do livro, li varias coisas que parecia que eu mesmo tinha escrito, concordei absolutamente com tudo.

Você uma vez na vida se apaixonar, deixar de seu orgulho de lado e dizer coisas do tipo “eu não sei viver sem você” ou “você é o meu oxigênio, morreria sem você” até vai, mas conheço pessoas que vivem se apaixonando e dizendo as mesmas coisas. Cai na real, se você é assim seus relacionamentos NUNCA vão dar certo, ou pelo menos até você amadurecer e ver que o seu oxigênio é você mesma, porque você é uma pessoa, não uma laranja que precisa de metades, e se você fosse uma laranja, seria uma laranja inteira, lógico que seria interessante ter uma outra laranja pra fazer companhia, mas só se for uma boa laranja, que seja madura e que não esteja podre, e se não tiver, ok, você não precisa disso.

A felicidade é algo que tem que estar dentro de você, se você não gosta de sua própria companhia, quem é que vai gostar? Conheço muitas pessoas que não tem amor próprio e que ficam procurando esse amor em outras pessoas, e não estou me referindo só a mulheres, e sim a homens, conheço muitos homens assim. No inicio até pode ser bonitinho algumas demonstrações exageradas demasiadas de carinho, mas vai por mim, se envolver com uma pessoa carente assim não é legal, é muita cobrança e muito trauma pra lidar (tipo, você colocar na cabeça dele que não é porque a ex dele traiu ele que você vai fazer o mesmo é algo bem complicado, e ter que lidar com o ciúmes doentio é pior ainda).

Outro motivo pra não se envolver com pessoas extremamente carentes – ou não ser uma delas – é que, geralmente, pessoas assim parecem que não são pessoas, ou melhor, não tem personalidade própria. Como eu já disse anteriormente, homens gostam de mulher, não de capachos... Mas só pra deixar claro uma coisa: Existem sim homens que gostem de capachos, sem personalidade e que fazem tudo em pró do homem, mas esse homem ai não é o que vai ser seu parceiro, te apoiar e te fazer bem, esse vai ser aquele que só vai te colocar pra baixo – mesmo que inconscientemente – e vai se tornar insuportável depois de um tempo. Você conhece algum homem que gosta de mulheres assim – capachos? Você é um capacho e algum homem – mesmo sabendo disso – esta super interessado em você? Quer um conselho? Fuja!!! E rápido.

Se amar não é se achar melhor que os outros, ou não dar valor as pessoas que se importam com você. Pelo contrario, uma mulher poderosa jamais faz isso. Ela agradece tudo que fazem por ela, ela é uma boa pessoa, mas diferente da capacho, ela sabe até onde deve ir, ela não faz esforços pra agradar um homem, há menos que ele realmente mereça, e quando ele merece? Ela merece quando ele já fez no mínimo o triplo por você, por exemplo, ele já te levou varias vezes pra jantar fora, daí sim ele merece um jantar caprichado feito por você – mas isso se você gostar de cozinhar, uma mulher que se ama jamais faz algo que não goste pra satisfazer a outra pessoa. Isso em todos os sentidos.

“Ah, gabi, mas se ele me levou pra jantar fora uma vez, porque não posso me matar tentando fazer um prato perfeito no segundo encontro?” Pelo simples fato de que ele é o homem, tem a obrigação de ser cavalheiro, de tentar impressionar a mulher... Isso se a mulher realmente merecer, uma mulher que se desvaloriza e corre atrás de um homem como uma cadela no sio não se valoriza. E não estou me referindo a sexo, pelo contrario, conheço muitas mulheres que vão pra cama logo de inicio e se valorizam, e outras que não vão mas praticamente entregam a chave de seu coração pro cara e dizem “você pode mandar na minha vida, faça o que quiser de mim”.

Um exemplo que li no livro e achei bem engraçado foi o seguinte: Lá onde a escritora mora existem alguns mendigos que andam com um cartas escrito “trabalho em troca de comida”, e segundo ela, conhece varias mulheres que fazem o mesmo, a diferença é que ao invés de comida, elas trabalham por um pouco de atenção, e ao invés de carregarem cartazes, carregam apenas seus traumas e histórias mal resolvidas por ai.

Eu não sei vocês, mas quando um cara fala mal da ex, eu simplesmente fico com um pé atrás em relação a ele, eu penso “o que será que ele vai falar de mim se não dermos certo?”. Um cara ter uma ex vadia, ok, um cara ter 3 ex vadias e que só se aproveitaram dele, daí já é demais. Uma vez um cara me disse que tinha sido traído e que estava muito triste por causa disso, e disso que não era a primeira que traia ele; Provavelmente ele tenha dito isso pensando que eu ia ficar com pena, mas sabe o que eu respondi? “Pois é, me lembrei que tenho um compromisso, nos falamos outra hora, ok?” e dei um jeito de evita-lo o máximo possível. Talvez ele seja um azarado e só atraia vadias mesmo, mas talvez ele tenha uma certa culpa por isso, não que trair seja certo, mas deixar o relacionamento esfriar ou começar a tratar mal a namorada também não é.

Não existe a formula para atrair um homem que realmente vale a pena, ou melhor, até existe, mas é tão simples que nem chega a ser uma formula: basta você ser você. Sempre. Em hipótese nenhuma mudar por um homem. Não precisa se fazer de difícil, não, chega de joguinhos e falsidades, apenas não se torne uma mulher chata e carente.

Quando uma criança mostra um desenho pra mãe, por mais feio que seja, a mãe geralmente elogia, o que faz a criança querer melhorar cada vez mais. Uma mãe não elogiar o desenho de uma criança não vai motiva-la a desenhar melhor, pelo contrario, vai faze-lo deixar de mostrar seus rabiscos ou até mesmo desistir de desenhar. O mesmo funciona com homens, não adianta reclamar porque ele te deu uma única flor, ok que o certo seria um buque inteiro, mas se você agradecer e mostrar-se feliz, ele vai ver o quanto isso significou algo e vai se esforçar mais da próxima vez. Por outro lado, se você deixar na cara que não gostou do presente, comprar um simples agrado pra você vai se tornar algo temível e preocupante pra ele.

O problema é que as mulheres exigem demais – e antes que alguém me “bote no meio da roda”, eu mesmo vou me botar. Confesso que já fui uma carente chata. Toda mulher em algum momento da vida já foi. No meu caso foi junto com outro carente chato e sem amor próprio, até que um dia eu cai a ficha e vi que não queria mais continuar do lado de uma pessoa assim, que não só me faz de capacho como também faz o mesmo com ele próprio. Resumindo, o tipo de cara que citei acima, que só vai atrasar sua vida.

Independente de você ter 15, 30 ou 50 anos, tem que entender que não tem a necessidade de ter alguém. E se tiver, tem que ser alguém que vale a pena, não alguém que só seja útil pra fazer companhia e trocar uma lâmpada.

Não sei se já aconteceu com vocês, mas provavelmente já devem ter vistou ou ouvido que aconteceu com alguém, a típica frase do “Estou aqui, não estou?”, geralmente dita por um homem que não valoriza nem um pouco a mulher. O que geralmente fazemos quando ouvimos isso?

ALTERNATIVAS:
A)     “Como assim esta aqui e isso basta? Você acha o que? Que é tão importante assim? Eu tenho meu valor, sabia? ...” e passa-se quase meia hora e ela continua ali, aos gritos, dizendo o quanto é importante e o quanto vários homens gostariam de estar no lugar dele e... onde ele esta mesmo? Ah, sim, ou ele esta rindo da cara dela ou esta se segurando pra fazer isso. E sabe porque? Porque se ela realmente tivesse todo esse valor que diz ter, não teria deixado chegar a esse ponto, e muito menos estaria ali aos gritos com ele.
B)      “Você não me ama mais? É isso?” e começa a chorar feito uma criancinha. Independente de você estar cheia de problemas e de estar na TPM, provavelmente depois disso ele te veja ou como uma criancinha ou como uma descontrolada.
C)      “É claro que esta. Eu vou pra casa, tenho umas coisas pra fazer, amanhã nos falamos, ok?” É meio lógico que ele jamais esperaria essa reação sua, ou seja, pode ter certeza que na próxima vez ele vai te tratar bem melhor. E se não tratar, daí o problema é ele, não você, ou seja... FUJA!!!!

Dizer tudo que sente é importante, mas tudo tem hora, momento e pessoa certa. Sim, uma coisa é dizer pra um amigo – de confiança, outra é despejar tudo em cima de um cara que você conheceu a pouco tempo, ou pior, que não esta nem um pouco interessado em seus problemas.

Sabe aquela mulher que diz que só vai pra cama com um homem quando estiver com uma aliança no dedo? Geralmente são as mais carentes, que sentem necessidade de afirmar o quanto são moças de família e se dão o respeito. Uma mulher que realmente se dá o respeito não precisa dizer isso, não no primeiro encontro, até porque ela nem esta cogitando essa possibilidade. Não preciso nem dizer que dizer pra um cara que quer ter um relacionamento sério é ainda pior, certo?!

Resumindo todo o blablabla, não existe mulher pra ficar, pra namorar ou pra casar. Não existe mulher boazinha ou má. Não existe mulher submissa ou dona da verdade. Existe mulher que tenta conquistar um homem e existe mulher que conquista. E sabe qual a maior diferença entre elas? A que conquista se quer tenta, ela conquista muitas vezes sem a real intenção de conquistar.

Sabe porque quando você esta solteira é raro alguém se interessar por você e quando você esta comprometida chovem convites pra sair? Não sei se com vocês acontece isso, mas com muitas mulheres acontece. Pelo simples fato de que uma mulher comprometida (e fiel) não tenta conquistar um homem, porque ela já tem o dela, ela leva tudo na amizade, ela apenas é ela mesmo, ela não pega no pé, não deixa 20 recados na secretaria eletrônica e muitos menos demonstra ser fácil, ela esta fazendo joguinhos? Não, ela apenas não esta tão interessada assim, e é por isso que ela acaba conquistando, porque grande parte dos homens gostam de desafios.

Se você tiver um compromisso com você mesmo vai funcionar da mesma maneira. Lógico que você não vai usar uma aliança escrito seu próprio nome e nem vai colocar “em um relacionamento sério” no Facebook, você apenas vai entender que você tem seu valor, você apenas vai se amar em primeiro lugar, e nunca vai se entregar totalmente pra alguém, nem depois de um mês, nem quando estiver com uma aliança no dedo, nem depois de anos, você é inteiramente só sua, a chave do seu coração esta com você, você não vai entrega-la para outra pessoa em hipótese nenhuma, você mesmo vai abrir o coração e deixar a pessoa ocupar um certo espaço – e vai tira-la de lá quando bem desejar.

Sabe porque os homens amam as mulheres poderosas? Porque elas acima de tudo se amam, são felizes consigo mesmo, e esse amor próprio e essa dignidade são extremamente cativantes.

Obs: Peço que entendam que cada um tem sua opinião e sua forma de pensar, não fiz o post para criticar ninguém, de forma alguma, apenas fiz para compartilhar com vocês minha opinião sobre esse assunto, portanto, gostaria que vocês também dessem a opinião de vocês, seja ela qual for, mas com educação, por favor.

Clique aqui para baixar o livro do qual o post foi inspirado!

100 comentários:

  1. é aquele lance de não procurar alguem que te complete, por que pra entrar em uma relacionamento, pra que de certo, é preciso estar inteiro, e uma boa forma é aprendendo a se gostar, se aceitar e aceitar o outro com todos os defeitos e com todas as qualidades. Muitas pessoas pensam que com o namoro ou com o casamento a pessoa vai mudar, e tudo que te incomoda, que te irrita vai ser amenizado e vai mudar, mas isso nao acontece, por isso que precisamos aceitar o outro do jeito que ele é, as pessoas não mudam, elas podem melhorar, amenizar algumas coisas mas são o que são.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. com certeza, o que mais vejo é isso, mulheres se envolvendo com verdadeiros idiotas, sabendo que eles são assim mas na esperança de mudar ele kk já fiz um texto sobre isso algum tempo atrás, não sei se chegastes a ler > www.espacegirl.com/2013/03/fala-gabi-entao-voce-pretende-mudar-ele.html :)

      Excluir
  2. Acho que esse foi o post do blog que eu mais gostei, realmente muitas mulheres se sujeitam a ser capachos dos homens e alguns ate gostam disso, e como vc disse é melhor fugir, porque isso nao faz bem a ninguem.

    http://garotaatrevida-01.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi linda, obrigada, fico muito feliz em saber que gostasse tanto assim :)

      Excluir
  3. Parece ser bem legal o livro, gostei da diferença. entre a mulher que conquista e a q tenta!
    Bjs

    http://achadosdamila.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Sempre tive vontade de ler esse livro quero ver se faço isso nas férias hehe beijos

    ResponderExcluir
  5. Eu já li este livro e é maravilhoso!
    Homens amam mulheres poderosas *-*
    Blog *-* / Fanpage *-*

    ResponderExcluir
  6. não conhecia o livro, parece ser bom em!

    http://www.querodemorango.com/

    ResponderExcluir
  7. Hey
    Adoro posts assim o/
    O livro parece ser bem interessante, mas não gosto muito e E-books, vou ver se acho ele pra comprar..
    Posta o/
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi linda, obrigada, fico feliz que gostes :)
      também não gosto muito de e-books, mas fiquei com medo de gastar comprando o livro e depois não gostar kk

      Excluir
  8. Já tinha ouvido falar desse livro, tento me livrar desse preconceito com auto-ajuda mas realmente não gosto muito hahah Pelo menos a história desse aí não é um clichê absoluto e não tenta nos 'ensinar' a sermos um modelinho para agradar os outros. Gostei! Beijos, Bruna. http://chanelfakeblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não achei nem um pouco clichê o livro, pelo contrario, bem diferente dos outros que já li :)
      obrigada, querida!

      Excluir
  9. Suas postagens são ótimas, essa ficou maravilhosa sobre relacionamento homem e mulher.
    Abraços.Sandra

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi linda, obrigada, fico feliz que gostes :)

      Excluir
  10. Eu concordo com grande parte, mas tenho um ponto de vista um pouco diferente de alguns tópicos. Concordo que a gente tem que se amar primeiro, tem que ser aquela mesma pessoa que é com a família, com as amigas, ser simplesmente você, e não ficar surtando atrás de homem, concordo que a felicidade está dentro de nós e não nos outros, os melhores momentos que a gente vive são espontâneos, então dai vem o fato de não precisar ficar sendo outra pessoa, mas quando a gente casa as coisas mudam só um pouco porque não sou mais eu, não é mais ele, e sim nós, tudo tem que ser voltado no nós, é nossa felicidade agora e não minha, se eu entrasse no meu casamento pensando que eu posso ser feliz sem marido não haveria motivo para me casar, quando a gente tem um relacionamento de anos a gente pensa sim na pessoa antes de tomar uma decisão e faz coisas que antes pensaríamos nunca fazer para agradar a pessoa, pois o mesmo ocorre com o outro envolvido, um relacionamento maduro é assim, porque se não for desta maneira, ambos dividindo esta experiência de viver como o nós, então não existe relacionamento.
    Beijos
    By PrithaZ.
    Fanpage no Face!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi linda, concordo totalmente com isso, realmente, as decisões devem ser pensadas nos dois, mas isso quando o marido merece; conheço varias mulheres casadas com homens que não dão a minima atenção pra elas, que tratam-as como empregadas e não como mulheres, que não fazem mais nenhum agrado e não demonstram mais nenhum sentimento, e o pior, essas mulheres se quer reclamam, algumas ainda dizem "ah, é normal, depois de casada as coisas ficam assim" e outras acham que o problema é elas mesmas e ficam se esforçando para agrada-lo; como eu disse no texto, quando o cara merece, ai sim vale a pena se esforçar para agrada-lo (desde que esse esforço não te prejudique em nada, temos que pensar em nós mesmas também), mas do contrario não, isso seria falta de dignidade e amor próprio. só discordo da parte que você disse que acha que para ser casada não pode achar que vai ser feliz sem marido, por favor né, hoje em dia isso não existe mais, as pessoas se separam, se divorciam, uma mulher com essa mentalidade hoje em dia sofrerá muito, a gente até pode considerar a pessoa muito importante pra nós, mas dizer que precisa é algo meio forte né? até porque se casar não é contrato, já pensou que ele (digo "ele" de modo geral, se referindo aos homens) pode querer acabar? e a vida tem que continuar, se alguém tira tua água e tua comida tu morre, se o marido resolve se divorciar tu continua viva, então acho que "precisar" não é a palavra ideal para descrever isso. mas obrigada pelo comentário, adoro quando vocês dão a opinião de vocês sobre o post :)

      Excluir
  11. Oi!!!
    Eu gostei bastante deste post, concordo com o que vc disse. As mulheres e a sociedade hoje querem meter na cabeça das mulheres que é impossível viver sem homem, que se vc não agarrar o seu homem e controlá-lo, ele vai te trocar por outra mais bonita, mais jovem e etc. Se um cara tá com vc é porque ele gosta do seu jeito de ser, é isso que as mulheres tem que ter em mente.
    Bjus!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi querida, obrigada, fico feliz que gostasse :)
      com certeza!

      Excluir
  12. Já vi várias vezes esse livro em livrarias e até em mercado mas nunca me interessei exatamente por pensar que seria do jeito que vc falou, aqueles livros de auto ajuda que ensinam as mulheres a "segurar seu homem", mas esse com certeza é beeem diferente! Gostei!

    beijos,
    http://www.misssainha.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é sim, linda :)
      obrigada, fico feliz que gostasse!

      Excluir
  13. Oi !

    Concordo com você , gostei do post (= Bjs

    www.clarinhapink.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi linda, obrigada, fico feliz que gostasse =)

      Excluir
  14. Já vi o livro em alguns lugares, aa tbm já vi na revista da jequiti,. Ela tem um ótimo ponto de vista!

    Post novo
    www.pequenamenina31.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Ainda não li esse livro, mas todas as mulheres deviam ler pra ver que o conceito de 'mulher poderosa' que a sociedade dá está errado
    beijos

    ResponderExcluir
  16. O livro parece super interessante! Acho também que numa relação as duas pessoas devem ter uma vida própria, sabe? Gostei muito da dica de livro!

    Passando para desejar um ótimo dia!
    Liz<3
    The Red Lil' Shoes Blog
    http://theredlilshoes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi linda, devem mesmo :)
      muito obrigada, fico muito feliz que tenhas gostado!
      pra você também, um ótimo dia.

      Excluir
  17. "você sempre tem a obrigação de se amar e viver pra si própria." Se de fato vc se amar e e viver por (pra) si, não terá só os homens aos pés como todas as pessoas, pq pessoas gostam de estar perto de quem se julga ser interessante e que tenha personalidade forte.

    ResponderExcluir
  18. Já vi muito esse livro, mas nunca me interessei por ele rs

    www.iasmincruz.com

    ResponderExcluir
  19. Esse livro já estava na minha wishlist literária, depois desse post fiquei com ainda mais vontade de ler.
    Adorei o que você escreveu e juro que simpatizei com você =) tô te seguindo!!

    manhasdedezembro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi linda, muito obrigada, fico muito feliz que tenhas gostado =)
      e leia sim, vais adorar!

      Excluir
  20. Risos...
    Adoro! Tenho 3 livros da série!
    Acho realmente que toda mulher deveria ler!

    Xerim :)
    www.trilouca.com/
    Instagram:@Trilouca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sério que tem mais 2 livros? ^^ eu não sabia, vou dar uma pesquisada e ver se baixo os outros para ler :)

      Excluir
  21. Parece ser interessante o livro.
    beijinhos fofos <3
    http://maquilhagemesmalte.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  22. Já vi muitas vezes esse livro nas americanas, mas tive medo que ele fosse do tipo que trata a mulher como objeto. Essa resenha mudou meu conceito :D

    beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu também tinha esse medo, por isso não comprei, não gosto muito de e-books, prefiro ler o livro mesmo, mas pelo menos assim não corri o risco de gastar dinheiro á toa :D

      Excluir
  23. Já vi esse livro em algumas livrarias e fiquei doida para ler, bom saber que não tem muito mimimi..

    http://senhoritapriscila.blogspot.com
    Curti a fan page? (www)
    @priscilafrr,
    beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. então leia, vais adorar, super vale a pena :)

      Excluir
  24. Eu tb já li esse livro e me surpreendi com ele. Quando eu era mais nova acreditava que um homem poderia me fazer muito feliz e hoje sei que a felicidade mora dentro de mim. Ninguém será responsável pela minha felicidade a não ser eu mesma. E se eu encontrar alguém que me valoriza e quiser estar ao meu lado será sempre bem-vindo. Se ele quiser um capacho terá que encontrar outra porque não aceito isso pra mim. Gostei muito da sua resenha. Bjus.

    galerafashion.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi linda, muito obrigada, fico feliz que tenhas gostado!
      acho que todas (ou quase todas) já tiveram essa fase né?kk lá pelos meus 12, 13 anos eu também pensava dessa forma que você pensava quando era mais nova, eu negava, dizia que era feliz solteira, mas no fundo eu pensava kk com o tempo (ou depois de namorar um idiota kk) a gente amadurece e vê que as coisas não são bem assim :)

      Excluir
  25. Mesmo o post sendo um pouco grande eu li tudo por que adorei saber a sua opinião sobre o assunto.
    Eu tinha baixado esse livro no meu antigo computador e li algumas páginas apenas e achei bem interessante...
    Como você disse no post, eu também tenho amigas que quando começaram a namorar só viviam pro namorado, não saiam mais com as amigas nem pra tomar um sorvete na esquina, que tipo de amor é esse? Eu nunca admiti que ninguém quisesse me prender dessa maneira e de nenhuma outra.
    A pouco tempo terminei meu relacionamento de um ano e meio e ele era (é) muito carente, mas não tava me tratando da maneira que deveria e até a tia dele comentava comigo que não gostava disso. Ai um dia resolvi por um ponto final nisso por que tem outras pessoas que sabem me tratar da maneira que eu realmente devo ser tratada rs e to muito feliz.
    Beijos.

    sonhosdegarota.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. também já tive um namorado assim, alias, não só um namorado, também já tive amigos assim, acho que eu atraio pessoas carentes, sabe?kkk meu último relacionamento terminei exatamente por isso; antes eu não via problemas nas pessoas assim, achava que era só o jeito de ser da pessoa, mas depois vi que não, a pessoa até pode ser bacana e tudo mais, mas se for carente assim, ou for de outros jeitos que citei no texto, evito até fazer amizade pois já sei que não vai dar certo; também não gosto de ninguém me prendendo ou querendo mandar em mim, já fiz um texto sobre isso, sobre pessoas que se comportam assim, não sei se chegastes a ler > www.espacegirl.com/2013/05/fala-gabi-escravos-da-paixao.html :)

      Excluir
  26. Já vi varias vezes esse livro,mas ainda não li.Mas a essência é verdade,homens gostam de mulheres que tem vida própria. Graças a Deus tenho um marido que super apoia meus planos,não fica me prendendo ao lado dele,pelo contrário,até lembra de alguma amiga que deixo de visitar e tal.E por isso quando estamos juntos temos qualidade,pois ai vem a saudade, as novidades e etc.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e é assim que deve ser, acho ridículo quando o homem começa a querer mandar na mulher, ele até pode mandar por algum tempo e ela "obedecer", mas chega uma hora que cansa e, se a mulher tiver no minimo um pouco de dignidade, vai acabar o relacionamento; mandar em uma pessoa não segura ela na relação, pelo contrario. ainda bem que seu marido te trata como deve, fico muito feliz por vocês, felicidades!! :)

      Excluir
  27. Não li o livro mas já baixei, pra colocar na minha lista de leitura futura..
    Beeijos
    http://meninadivadamodaoficial.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  28. Muito bonito ;)


    já estou seguindo. Pode retribuir ? ;)
    www.gabusiek.blogspot.com

    ResponderExcluir
  29. já seguindo, adorei tudo por aqui bjs
    curti sua fampage, retribui.
    www.facebook.com/pages/Meu-Cantinho/307063885992958

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi linda, obrigada, fico feliz que tenhas gostado :)
      já curti a sua também!

      Excluir
  30. Adorei o livro, e fiquei louca pra ler também.
    Concordo plenamente, ame a vc mesmo e depois aos outros.
    Bjos

    www.papogarota.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. leia sim, querida, vais adorar mais ainda :)

      Excluir
  31. Adorei demais o seu post ♥ Eu já li esse livro, tem um bommm tempo, mas realmente ele é muito bom mesmo, faz a gente pensar em muito em todas essas coisas e como você disse, o livro fala a mais pura verdade ♥
    Beijinhos
    Instagram
    Facebook do blog
    conversando-com-a-lua.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi linda, muito obrigada, fico muito feliz em saber que gostasse ♥

      Excluir
  32. Já ouvi falarem sobre esse livro!
    Parece ser bacana. ótimo post :)
    Seguindo de volta.

    ResponderExcluir
  33. Já vi esse livro para vender.
    Parece ser bom.

    beijos
    Maquiagens da Erika

    ResponderExcluir
  34. Passando para uma visitinha , amei seu texto, parabéns pelo blog, bjs.

    www.girlsteensgn.blogspot.com.br

    entre, conheça e siga, te espero la.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi linda, obrigada, fico feliz que tenhas gostado :)
      já estou seguindo!

      Excluir
  35. Ficou muito bem esse post! Tu falou tudo... o livro parece ser bom, vou ter que parar de ver posts com resenhas é muita vontade de ler pra pouco eu... kk
    http://zombieesvg.blogspot.com.br/**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muito obrigada, querida :)
      sei bem como é, também fico com vontade de ler a maioria dos livros que vejo resenhas positivas á respeito kk

      Excluir
  36. Passando para te desejar uma ótima quinta!!
    Abraços.Sandra

    ResponderExcluir
  37. Muito legal. Adorei seu blog :)
    Já estou seguindo.
    Beijos.

    http://mariasaratonini.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  38. Oiie flor,
    não sou muito de ler livros,
    mais esse parece ser bem bacana...

    beijinhos

    http://feminicescorderosa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  39. JA Ouvi falar deste livro, todas que leem dizem ser muito bom rs
    Beijos | http://do-seu-jeito.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e dizem com razão, eu pelo menos adorei demais o livro :)

      Excluir
  40. Mulher, segura e confiante é outra coisa né!? rsrs

    Bjinhos ;*
    Pâm

    ResponderExcluir
  41. Olá,
    Já ouvi falar desse livro mais ainda não tive a oportunidade de ler ele.
    Gostei bastante do seu post :)

    Páginas em Preto

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi querida, obrigada, fico feliz que tenhas gostado :)
      leia sim, vais adorar!

      Excluir
  42. So encontrei uma homem maravilhoso na minha vida, depois que comecei a me valorizar, antes eu era aquela bonitona, unhas impecáveis, cabelos sempre arrumados e só arrumava porcaria fanfarrões, mulherengos pilantras, casei divorciei e resolvi me valorizar, ainda me arrumava, + não como antes, trabalhava, tinha minha casa, meu carro e comecei a me valorizar, não ia + em lugares q antes ia, comecei a me impor ai alguns homens diziam que eu era muito pro caminhão deles rsrsss era até engraçado eu sabia me impor, sabia o meu valor, e isso também afasta homens + é bom e EU o encontrei e estamos juntos até hoje, nenhum é capacho do outro não.
    http://www.jeitosimplesdeser.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. não acho errado se arrumar bastante, eu pelo menos nunca saio de casa sem maquiagem, to (quase) sempre com as unhas pintadas, com o cabelo arrumado... aparência na minha opinião não significa nada, conheço mulheres que não andam nem um pouco arrumadas (ou que andam com roupas super "comportadas") mas são ou vadias ou extramente carentes, enquanto outras que andam bem produzidas e com roupas curtas se dão ao respeito e se valorizam. mas fico muito feliz em saber que você encontrou alguém que te faz feliz, muitas felicidades pra vocês!! :)

      Excluir
  43. Acho que julguei o livro pelo nome igual a você, pelo que vc disse ai acabei descordando de algumas coisas do livro, não acho que a mulher poderosa seja aquela comum, acho que a mulher poderosa é a que faz por merecer =D
    fashionemcores.com

    ResponderExcluir
  44. Excelente o seu post Gabi. O primeiro e o último amor é o amor próprio, sem ele você não é capaz de amar e deixar alguém amar você.
    Ótimo dia pra vc!
    Big Beijos
    Lulu
    http://luluonthesky.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi linda, obrigada :)
      com certeza, se amar é essencial!
      um ótimo dia pra você também.

      Excluir
  45. Nossa muito legal
    a mulher tem que ter o amor proprio em primeiro lugar mesmo

    Beijos Jéssica R. Coelho BLOG

    ResponderExcluir
  46. Gostei muito do post. Confesso que quando vi esse título de livro pensei a mesma coisa, mas é bom ver que é diferente. Eu namoro há dois anos e nunca deixei de sair com as amigas ou me arrumar. Não vejo o relacionamento como algo a se depender da pessoa, vejo como um complemento, não gosto de garotas que vivem por aquela pessoa e fazem o que você falou de dizer que ama a ponto de a pessoa ser o oxigênio dela. Tenho um amor próprio muito grande, não uso maquiagem todo dia porque não acho que eu necessito, do mesmo modo como sou uma das únicas entre minhas amigas que estou feliz por ter espinhas, e ser acima do pesa (ok, eu me cuido e minhas espinhas nunca pioram ficam apenas na mesma, mas não fico surtada com isso). Bom, só queria dizer que concordei com tudo que você falou! Acho que se você pesquisar mais um pouco sobre o feminismo vai gostar muito, vale a pena dar uma olhada do blog Think Olga, é muito bom!
    vestindo-ideias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi querida, muito obrigada, fico muito feliz em saber que gostasse :)
      já eu, não vou nem na esquina sem maquiagem kk mas isso porque eu me sinto bem assim, entende? tanto quando eu tava namorando quanto agora (agora não né, já faz quase um ano, mas deu pra entender kk) que tô solteira, acho que devemos ser como nos sentimos bem. não acho que você tenha tanta espinha ou seja acima do peso, te acho linda! em relação ao feminismo, não gosto, não tenho nada contra, acho muito bacana algumas coisas do feminismo, mas discordo totalmente de outras (de grande parte das coisas kk); mas muito obrigada pela dica!

      Excluir
  47. Eu vi esse livro em uma revista Avon quase comprei mas achei que devia ser um monte de besteiras, mas agora lendo seu post vejo que o livro realmente é bom vou baixar e ler também, bjs

    http://dicascoisasdemulher.blogspot.com

    ResponderExcluir
  48. Eu ainda não li, mas minha amiga gostou muito!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. e com razão, o livro é ótimo, eu pelo menos adorei demais :)

      Excluir