1 de fev de 2012

'fala-gabi' Tão pequeno, tão grande


Acima videoclipe da musica inspiradora!
Meu antigo celular estragara então eu ganhara um novo... Fuçando no novo celular, com o antigo cartão de memória, achei uma musica que me lembrara muitas coisas. Eu já havia ouvido aquela musica algumas vezes antes da musica virar aquela musica especial, mas um dia qualquer, no colégio, reparei que uma amiga tinha a musica no seu celular e então pedi para ela me passar, e gostei tanto, mas tanto, que coloquei como toque de meu celular, eu amava aquela musica demasiadamente, ouvia sempre. E naquela época, eu não recebia tantas mensagens e meu celular não tinha internet, então sempre que começava a musica eu percebia que era algo importante (diferente de hoje que meu celular vibra mais de vinte vezes por dia, por isto, ele anda quase sempre no modo silencioso!), às vezes nem era tão, mas não deixava de ser... O celular começou a tocar a musica que traduzida significava Você não me ama, você só me persegue! Ou algo do tipo... Mas naquela época eu mal sabia o significado! Eu vi o numero, eu não atendi. Deixei tocando. Não me interpretem mal, não tenho a mania de não atender aos telefonemas, mas aquele, por razões pessoais que eu nem tivera certeza, não atendi. Um tempo depois, talvez uma hora ou mais, o numero voltou a ligar; E no dia seguinte, e no depois do seguinte, e na semana seguinte... Eu sabia muito bem quem era, porem, meu cérebro teimoso continuava a teimar que eu não conhecera aquele numero! Um tempo passou, eu escrevi uma musica que dizia “... Me desculpe, pelas chamadas não atendidas, me desculpe! Eu estou arrependida... Pelas palavras não ditas...” e então, a musica que eu usava como toque de meu celular, se tornou especial para mim. Eu cheguei a fazer um fotoclipe com a música, porem, ainda não sabia o significado... Meses depois de tudo isso eu descobri o significado e, olhando para trás, percebi que aquilo era a pura verdade, a letra da musica descreveu alguns fatos perfeitamente bem, e quando descobri tudo, aquela musica se tornou mais verdadeira ainda, de certa forma, infelizmente mais especial... Porem da forma negativa! Mais hoje, muito tempo depois, ouvindo esta musica, eu sorri. Sim, eu sorri, eu ri com vontade por causa de algumas coisas, de algumas besteiras que cometi, de coisas que as pessoas me disseram que futuramente iremos dar boas risadas disso tudo! E naquela época, eu abalada por motivos pessoais, pensando que era o fim do mundo (maneira de dizer, ok?!) e que não havia nada pior que tal coisa, eu não acreditei. E sim, hoje eu ouço a musica, lembro-me das coisas, mas ao invés de lagrimas nos olhos, eu tenho um sorriso nos lábios. Um olhar feliz, certa nostalgia, e não fico triste pelas minhas decepções... Porque um dia alguém me disse que eu iria dar boas risadas de tudo isso e mais um pouco!E, relembrando, eu não acreditei... Acho que é essa mania de pessimismo que todos nós temos. O ser humano é muito complexo. O ser humano, os sentimentos, tudo... É tão grande, tão pequeno.

5 comentários:

  1. Noooooossa a mim tbm essa musica traz muitas lembranças e boasss felizmente! eu sempre fazia alongamento com essa musica antes de ir correr e depois e me dava aquela sensação de dever cumprido amei relembrar ahahha ja to seguindo o blog gostei muito!
    Passa la no meu e segue tbm http://prontofaleitoleve.blogspot.com/
    Beijinhos ;)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii, ja to seguindo, amei seu blog! Obrigada por seguir o meu :-D

      Excluir