12 de out de 2011

'fala-gabi' Pequeninas ilusões, Grandes decepções


















Ontem á noite eu estava deitada na cama, tapadinha com um leve cobertor, comendo chocolate e vendo a novela... Começa a dar os comerciais, que eu não dei muita bola, estava super sonolenta, mas seilá porque razão, aquele comercial me chamou atenção... Acho que pelo fato de ter imagens muito bonitas, o comercial demorar mais que um outro qualquer, enfim, me chamou atenção!Então em um movimento devagarmente, ergui-me um pouco para frente, para poder prestar mais atenção... Não era uma propaganda, não falava de marca alguma, não oferecia nada á venda, era apenas um vídeo de uma criança, que seu adorável peixinho laranja morrera, ela inocentemente diz que o peixinho esta dormindo de uma tal forma estranha, e os pais ao invés de contar de forma carinhosamente para a pequenina o que acontecera, decidem comprar um peixe igual e trocar pelo ja falecido antes que ela perceba...Ta, confesso que um dos motivos que me fez prestar atenção foi eu, pra quem não sabe, ja ter tido um peixinho... Por algumas horas!Não foi comprado, foi um presente do meu aniversario este ano, e quem me deu, foram pessoas que eu considerava muito importante para mim, e o peixinho me traz lembranças boas,porem ruins de tal modo, mas por um lado, pra evitar estas lembranças, foi até bom (deus, me perdoe por dizer isto!é só uma forma de dizer...) os adoráveis peixinhos laranja e amarelo, macho e fêmea, terem morrido e estarem agora enterrados no jardim daqui de casa... Mas não foi só por isto não, o comercial me chamou atenção porque os pais preferiram não contar a verdade pra ela porque não queriam vê-la sofrer, nem ter fortes decepções como aquela... Eu não posso culpa-los por isto, apenas queriam protege-la de um sentimento tão ruim chamado perda, mas eu não concordo nem um pouco com isto!Afinal, ele é pequenina, mas um dia crescera, e terá enormes decepções e não saberá lidar com isto, e um dia, ela vai achar que possui algo, que aquilo ou aquele é dela e de mais ninguém, e terá ilusões, sonhara com um mundo melhor, e derrepente PUFT! tudo desabara de uma forma horrivelmente sofrida para a, por enquanto, apenas, pequenina garotinha...  Tudo bem, os pais não poderiam chegar nela, que talvez não entenda bem o verdadeiro significado da morte, e dizer 'minha filha querida, seu peixinho morreu!' mas poderiam explicar com jeitinho que nem tudo é pra sempre, e que as pessoas morrem(E isso é a vida!E isso é normal!), e que você sim, vai chorar e sofrer muito mesmo por isto, mas você vai saber que seu peixinho quer vê-la feliz, e ele esta lá no paraíso, esta bem, em paz, no reino de deus, e esta feliz por estar lá!E um dia, ela entendera que morrer talvez não seja a pior coisa no mundo, e ela só rezara por ele... E sim, ela sentira falta, sentira o sentimento de perda pela primeira vez, ela talvez não entenda porque ele tinha que morrer, e talvez culpe Deus por isto, mas quando ela crescer, ela enxugara as lagrimas e entendera, e o único sentimento no seu coração, será a saudade!
E como a pequenina perdeu o seu peixinho laranja, ela perdera muitas outras coisas na vida... E o pior mesmo não vai ser ela perder para a morte(sabendo que esta pessoa amava-a), vai ser perder para a vida, perceber que aquela pessoa não pertence-a e nunca pertenceu, que foi apenas ma fase, um tempo, e que passou... E as vezes ela vai acordar, olhar no seu celular como de costume para verificar se haverá algum sms ou ligação não atendida, ela vai ligar seu computador e ver se não tem nenhum e-mail, enfim... Ela vai passar pela pessoa na rua, e ver que aquela pessoa ainda esta viva, mas não para ela...
Ela terá muitas outras decepções, muitas mesmo... Ela vai sofrer, chorar, ficar de luto, achar que o mundo esta perdido... Até que um dia, ela encontrara seu mundo novamente e irá ficar bem!Porque a vida é feita disso, de desencontros... A gente abraça a ilusão, perde a razão, cai na vida real, achara caída por aí a razão, e junto com a razão a tristeza, dai perdemos de vista o mundo, e ai encontremos-o e tudo outra vez... 
Então, eu peço á todos, não iludem as pessoas, ninguém merece ser iludido! A vida é uma caixinha de surpresas e de tristezas... Só que um detalhe: a tristeza e a decepção foram escritas á caneta, mas nada que um bom errorex chamado recomeço não apague, não é mesmo?
Peraí, porque errorex?Minha querida, talvez porque você não pode apagar fatos, ele podem sair de seu coração, mas nunca sairão de sua memoria, então, um errorex sim. Mas um errorex muito bom, que faça efeito, de boa qualidade ;-)
p.s. não estou, de forma alguma criticando o comercial, pelo contrario, simplesmente adorei. Parabéns Panvel!

5 comentários: